Home 2019 September

Month: September 2019

Post
A rebeldia retórica sem noção

A rebeldia retórica sem noção

Guru é uma verdadeira vestal verbal. Sua pureza de espírito e seu vasto e rigoroso conhecimento científico impressionam até mesmo as mais exigentes personalidades acadêmicas. Sempre disposto ao diálogo, não transige com a transigência. Caralho, porra! E a polêmica oral se estabelece. Filho de uma puta! Substantivo, adjetivo, interjeição ou apenas uma gentileza espontânea: uma espécie de vírgula idiossincrática? A disputa...

Post
Fragmentos da eternidade

Fragmentos da eternidade

Toda Poderosa é uma personagem especial: Ela é a Criadora-de-todas-as-coisas. O que certamente não é pouco. Qualquer pequeno detalhe poderia ser descrito como “um dia em Sua vida”, mas isto não faria muito sentido. Fragmento da eternidade parece se adequar mais a esta Grande figura. Diferente de quem lê ou escreve, Ela é antes de tudo um...

Post

Crise e oportunidade

A revista Exame, em sua versão digital de 4 de setembro, reportando a possível flexibilização do teto de gastos, diz que o ministro Guedes e o deputado Rodrigo Maia são contra. Nas palavras de Maia, que Guedes acompanha, com declarações semelhantes em outros espaços, “temos 14% do PIB em previdência, 13% do PIB em funcionalismo...

Post
O que falta, mesmo, é segurança

O que falta, mesmo, é segurança

Maicon morava na periferia da região metropolitana. Seus pais eram de União dos Palmares, interior de Alagoas, e começaram a namorar quando trabalhavam em um condomínio da zona sul carioca. O filho tinha dezessete anos e estava acabando o Ensino Médio. Trabalhava de dia vendendo equipamentos eletrônicos no centro da cidade e estudava à noite em...

Post
Que conversa é essa?

Que conversa é essa?

José Carlos nasceu no interior e cresceu trabalhando com o pai na roça. Aos treze anos foi viver na cidade grande. Foi direto para a capital. Seu tio já morava lá a uns cinco anos. Foi na frente pra ganhar a vida. Tinha muito conflito naquelas bandas onde moravam. Seu pai morreu numa emboscada armada pelos capangas de um fazendeiro...

Post
O outro não pode ser diferente de mim

O outro não pode ser diferente de mim

Tânia precisa ser aceita. Não pode ser esquecida. Necessita da confirmação de que está no caminho certo, de que é como os outros. Neste momento ela se sente anestesiada. Seu torpor vem de uma sensação que parece ultrapassar a experiência imediata. Sua angústia diminuiu. O que era dor se transformou em realização. Tânia não está...